Vagas na Lada!

Em breve teremos 3 lotes livre nas hortas da Lada. Um deles na Lada de Cima e dois na Lada de baixo.

Aqueles que estiverem interessados em ficar com um dos lotes enviem email para joana.spot@gmail.com

Até breve!

P1030325

Anúncios

Teaser – Porto Verde

Vídeo

Durante o ano de 2012 estivemos ocupados com muito trabalho.
Mas não fomos só nós, os nossos novos agricultores também não tiveram mãos a medir para todas as novidades que passaram a fazer parte da sua vida.
Além deles, tivemos a companhia do Vasco, que foi filmando tudo o que fazíamos.
Em breve vos mostraremos o trabalho completo, até lá deixamos-vos apenas com um cheirinho!

O Berdinho – Mercado Rural

Image

Hoje inauguramos O Berdinho! É uma nova aposta e uma nova experiência. Temos umas bancas feitas a preceito e mal podemos esperar para ver as reações, dos vendedores, dos compradores, dos curiosos….

O Berdinho – Mercado Rural é a nova aposta da S.P.O.T., através do Manobras no Porto. No próximo Sábado, 06 de Outubro, no Passeio das Virtudes, das 15h às 19h será apresentado à cidade um novo mercado. Com base nos “farmer’s market”, existentes em tantas outras cidades, O Berdinho pretende trazer ao Porto um evento que reúna os produtores rurais locais num só local dando-os assim a conhecer à comunidade envolvente.

Um mercado de produtores locais consiste num grupo de vendedores, normalmente produtores, independentes que se juntam num mesmo espaço para vender vegetais, hortaliças, frutas, flores e por vezes bebidas e comidas pré-confeccionadas DIRECTAMENTE ao público. Esse é o grande objectivo do Berdinho.

Este tipo de mercado acrescenta valor à comunidade em que se insere. São um reflexo da sua cultura e economia. O seu tamanho varia, podendo ir de uma pequena feira de apenas algumas bancas até ocupar quarteirões inteiros. Como esta é uma primeira experiência, neste Sábado contaremos com 10 pioneiros que se juntaram a nós nesta aventura.

Teremos 10 novas bancadas  feitas especialmente para esta ocasião…..

Neste mercado encontrarão produtos cultivados orgânica e biológicamente, artigos confeccionados e manufacturados tradicionalmente.

Estaremos, desta forma, a fomentar os negócios locais ao mesmo tempo que preservamos os recursos naturais da região em que vivemos.

Já há bastante tempo que o Porto está atento aos temas da ruralidade urbana ou o regresso à agricultura por parte dos jovens, como é possível observar através de vários projectos relacionados com hortas urbanas, cooperativas de agricultura biológica situadas na Área Metropolitana e muitos outros exemplos fáceis de encontrar.

Chegou, por isso o momento de juntar todas estas iniciativas num só espaço e assim dá-las a conhecer ao público geral. Criar uma nova rotina nos hábitos dos portuenses que lhes permita aceder a uma parte mais natural da vida, sem terem que sair da cidade.

Proporcionar a venda de produtos alimentares orgânicos, directamente desde o produtor, sem intermediários para que possamos saber de onde vem o que consumimos.

 

Porto Verde na rede Horta à Porta

Logotipo LiporLogotipo Horta à Porta

 

 

 

 

A partir deste mês a Porto Verde passa a integrar a rede de hortas biológicas Horta à Porta, uma iniciativa da Lipor que, nas suas próprias palavras assim se define:

“Horta à Porta – hortas biológicas da região do Porto, é um projecto que visa promover a qualidade de vida da população, através de boas práticas agrícolas. Apesar de já existirem na região do Grande Porto alguns projectos de compostagem caseira, hortas pedagógicas e agricultura biológica, é ainda muito limitada a sua divulgação e acesso à população.

A criação de uma rede desta natureza reveste-se de enorme importância, pelo que a Lipor, na tentativa de optimizar os espaços, a informação e os meios existentes na Região, lançou o Projecto Horta à Porta. Esta iniciativa passa não só pela criação de espaços verdes dinâmicos mas também pela promoção do contacto com a Natureza e de hábitos saudáveis sem esquecer a redução de resíduos.”

São objectivos que naturalmente subscrevemos nas n/ próprias intenções, apesar de existirem algumas diferenças estruturais nos modelos das hortas que entretanto já criamos com aquelas que o projecto Horta à Porta promove, os princípios básicos encontram-se. Encontram-se também com as n/ necessidades de gestão dos espaços que já se encontram em funcionamento. Compreendemos a n/ limitação, essencialmente em recursos humanos e no domínio de todos conhecimentos que levam às boas práticas, sejam elas as da agricultura biológica ou as da gestão dos utentes, essencialmente nos factores de diferença ou conflito.

Por essas razões, e porque igualmente reconhecemos valor e profissionalismo ao sistema implementado de formação e gestão das boas práticas como também o da fiscalização das mesmas por parte da Horta à Porta, que decidimos integrar esta rede em todos os seus aspectos práticos e logísticos, possibilitando-nos concentrar mais nos objectivos que delineamos e nos quais acreditamos (ver aqui).

Continuaremos a estar, naturalmente, muito próximos dos espaços que desenvolvemos e das pessoas que os integram e disponíveis para tudo o que seja necessário pois este protocolo implica uma parceria. Aproveitamos para agradecer à Lipor a sua disponibilidade e para desejar que esta iniciativa traga um novo influxo de criatividade, como uma semente.

Filmes na Horta! Informação

220px-Dirt_the_movie_poster“Dirt! The movie”

1 de Outubro – Horta da Lada, socalco superior  21h30

A primeira de duas sessões de cinema na horta traz um olhar humorado e perspicaz sobre o estado actual da matéria da qual provimos e à qual regressaremos: a Terra!

A

A

A

Flow_For_Love_of_Water“Flow – For the love of water”

2 de Outubro – Horta da Lada, socalco superior  21h30

A segunda sessão de cinema oferece um documentário que analisa o controlo do bem comum, que é a água, feito por grandes corporações à escala mundial.

A

A

Para mais detalhes e informação sobre cada um dos filmes, clica na imagem correspondente.